noticias Seja bem vindo ao nosso site Rádio Liberdade Carutapera!

Maranhão

Varíola dos Macacos: Imperatriz registra primeira mortes pela doença no Maranhão

O paciente era um homem de 37 anos que tinha comorbidades

Publicada em 23/11/22 às 11:55h - 18 visualizações

por Rádio Liberdade Carutapera


Compartilhe
Compartilhar a notícia Varíola dos Macacos: Imperatriz registra primeira mortes pela doença no Maranhão  Compartilhar a notícia Varíola dos Macacos: Imperatriz registra primeira mortes pela doença no Maranhão  Compartilhar a notícia Varíola dos Macacos: Imperatriz registra primeira mortes pela doença no Maranhão

Link da Notícia:

A cidade de Imperatriz registrou no início da tarde da última terça-feira (22), a primeira morte por Monkeypox, conhecida como a varíola dos macacos. Essa é a primeira morte da doença no Maranhão. O paciente era um homem de de 37 anos, que estava internado em um hospital da rede privada e tinha comorbidades.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Imperatriz, há sete casos confirmados da doença na cidade, oito casos suspeitos em monitoramento e 23 casos descartados.

No último boletim divulgado ontem pela Secretaria de Estado da Saúde, haviam 82 casos confirmados da doença em todo o Estado.

Casos em Imperatriz


Os primeiros casos positivos de monkeypox em Imperatriz foram divulgados em 21 de outubro pela vigilância epidemiológica.

Desde então, uma série de medidas foram tomadas para conter o avanço da doença no município, além da criação de um Centro de Atendimento exclusivo para tratamento de Monkeypox, onde são feitos exames e o acompanhamento de pacientes suspeitos e casos positivos.

Em Imperatriz onde buscar atendimento


Adultos devem procurar a UBS de referência da sua casa, onde o médico avaliará a lesão e o histórico do paciente. Nos finais de semana, devem procurar a UPA. Se for suspeito, será encaminhado para o centro de referência da  Vila Nova para coleta do material biológico. Adultos com casos graves serão encaminhados para o Socorrão.

Crianças serão atendidas no hospital infantil. Gestantes em todas as situações (leve, moderado e grave) serão atendidas no Hospital Materno Regional.

Em São Luís onde buscar atendimento


Em São Luís, a orientação em caso de sintomas da doença é procurar uma das unidades da rede municipal de saúde. As unidades de referência são Hospital da Ilha e Hospital Dr. Carlos Macieira.

No interior do estado a população pode buscar auxilio nas Unidades Básicas de Saúde, que encaminham os casos para as unidades regionais de saúde.

Outras regiões do estado


No interior do estado a população pode buscar auxilio nas Unidades Básicas de Saúde, que encaminham os casos para as unidades regionais de saúde.

Monkeypox


Os principais sintomas da monkeypox são febre, dor no corpo, náusea, cansaço e o aparecimento de lesões e feridas em algumas partes do corpo. Apesar de levar o nome de “varíola dos macacos”, a transmissão da doença não está relacionada aos macacos. O nome vem da descoberta inicial do vírus em macacos em um laboratório dinamarquês em 1958.

A transmissão entre humanos ocorre principalmente por meio de contato próximo/íntimo com lesões de pele de pessoas infectadas, como, por exemplo, pelo abraço, beijo, massagens, relações sexuais ou secreções respiratórias. A transmissão também pode ocorrer por meio de secreções em objetos, tecidos (roupas, roupas de cama ou toalhas) e superfícies utilizadas pelo doente. Outro meio de transmissão é via placentária (varicela congênita). A principal forma de proteção é evitar contato direto com pessoas contaminadas.

Causada pelo vírus hMPXV (Human Monkeypox Virus, na sigla em inglês), a varíola dos macacos foi declarada emergência de saúde pública de interesse internacional pela Organização Mundial da Saúde em 23 de julho. A decisão foi tomada com base no aumento de casos em vários países, o que eleva o risco de uma disseminação internacional.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 98 9 8590 7618

Visitas: 675899
Copyright (c) 2022 - Rádio Liberdade Carutapera - O Portal de Notícias de Carutapera
Converse conosco pelo Whatsapp!